Buscar
  • Marca Forte

5 razões definitivas para registrar a sua marca!

São inúmeras as razões para registrar uma marca, mas vamos enumerar de maneira didática e simples os 5 principais motivos com os seu respectivos benefícios.


1 - SER O REAL DONO DA MARCA


No sistema jurídico brasileiro, no que se refere a marcas, vigora o sistema atributivo de direito, o que sem juridisquês significa que:

Marca, sem registro, não tem dono.

Assim, o registro de marca te torna o real proprietário desta, detentor de todos os direitos sobre a sua utilização e proteção.

Você deixa de ser um mero usuário precário e assume as rédeas do seu investimento.


Afinal, criar um nome incrível, construir uma identidade visual e obter o reconhecimento da sua marca no mercado depende de um grande esforço e, via de regra, considerável investimento, tanto de tempo, quanto de dinheiro.

Marca devidamente registrada é uma propriedade de fato e de direito, para todos os fins.

2 - CERTEZA DE NÃO ESTAR UTILIZANDO UMA MARCA PERTENCENTE A OUTRA PESSOA


Já parou pra pensar que a marca que você utiliza sem registro, além de não ser sua, pode ser de outra pessoa (física ou jurídica)?

Pois é. Isso acontece com muita frequência e tem consequências gravíssimas.

A utilização indevida de marca pode configurar crime, além de ensejar o dever de indenização.

Você pode estar utilizando indevidamente uma marca registrada e sequer se dar conta disso, até ser tarde demais.

O registro de marca encerra esta incerteza, garantindo que você, empreendedor, está investindo em algo realmente seu.

3 - AGREGAR VALOR

Quando dizemos que o registro de marca agrega valor ao negócio, não estamos nos referindo apenas a valor imaterial, intangível, mas também a valor material, pecuniário, GRANA!

Há, inclusive, empresas especializadas em avaliar o valor de mercado das marcas (precificação de marcas).

A certidão de registro de marca assemelha-se a um título de propriedade, com validade de 10 anos, renovável por igual período, sucessivas e ilimitadas vezes, transmissível inclusive por herança.

Sua marca pode ser objeto de contratos de concessão de uso, cessão e etc. São infinitas as possibilidades de exploração deste ativo financeiro.

Assim sendo, mesmo que a sua empresa, negócio informal, autônomo ou liberal esteja bem no início, sem bens materiais e patrimônio físico, já terá a propriedade de um bem imaterial com valor de mercado.

4 - GARANTIR EXCLUSIVIDADE EM TERRITÓRIO NACIONAL

Somente o registro de marca junto ao órgão competente, que neste caso é o INPI - Instituto Nacional de Propriedade Industrial, garante a exclusividade de utilização em todo território nacional, no seu nicho de atuação.


Isso significa que, ao registrar a sua marca, você garante que nenhuma outra pessoa ou empresa no seu ramo de atuação possa utilizar comercialmente uma marca igual ou semelhante (capaz de causar confusão) à sua.

Muitos empreendedores acreditam equivocadamente que utilizar a marca como nome fantasia, ou mesmo como razão social, serve como proteção.

Este é um engano muito comum que acaba expondo o empreendedor aos riscos da utilização indevida de marca, à concorrência desleal e a significativas perdas, já que pode ser obrigado a deixar de usar a marca a qualquer tempo pelo real detentor.

5 - TORNAR-SE UMA FRANQUIA



Deseja expandir? Abrir filiais ou mesmo franquear seu negócio? Você precisa registrar a sua marca.

Franquia, além do compartilhamento de um modelo de negócio, nada mais é do que uma concessão de uso de determinada marca, mediante o ajustamento de uma contraprestação.

Se você não registrou sua marca, não detém direitos sobre esta e, consequentemente, não há como ajustar uma concessão de uso. Sem registro, sem franquia.


Gostou deste artigo? Ficou com alguma dúvida? Comente! Vamos adorar interagir com você!

0 visualização

Siga-nos nas redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2023 por Marca Forte ® - CNPJ 34.707.821/0001-84.